Paralelo MP - Colunismo Social

Paralelo MP

Coluna Social 21.09.17

Prefeito de São Paulo, João Dória, na companhia do vice-governador gaúcho, José Paulo Cairoli, durante o 1ª Fórum de Gestão do Rio Grande do Sul. Associação Leopoldina Juvenil, Porto Alegre
José Otávio Gonçalves, Yara Maria Botelho Vieira, Valdomiro Martins: protagonistas do bate-papo Farroupilha que levou dezenas de bageenses à Biblioteca Pública Otávio Santos 
Locomotivas culturais, Eliane Bastianello e Lula Barros pelas lentes da coluna na Biblioteca Pública 
Presidente da Casa da Amizade, Maria Zilma Karam, diretora da Biblioteca Pública, Lúcia Gomes, gestora dos museus, Maria Luiza Pêgas, no encontro cultural da última segunda-feira na Biblioteca Pública 
Deborah e Auro Acevedo estiveram na plateia do papo farroupilha organizado por Lúcia Gomes 

“O espírito farroupilha vive nos corações daqueles que não se conformam com a queda dos valores”
MP

Hijos de La Pampa
Vinte de Setembro. Neste dia, celebramos o orgulho de sermos quem somos: povo único, de convicções firmes; gente aguerrida que foi colocada geograficamente distante dos grandes centros – todavia, próxima ao coração verde de Deus. Somos Pampa. Somos platinos. Somos gaúchos! A luz nascente deste céu único, secou o barro para moldar um homem livre que, solitário, soube defender-se dos desmandos imperialistas forjando uma identidade singular nos domínios continentais de uma nação doente. Sim, peço perdão. Escusas, Brasil, mas não me sinto teu filho. Minha mãe é La Pampa; meu pai, o sol que rompe o horizonte das pradarias. Minha pátria é o Rio Grande do Sul! O Estado “onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor”. Este Estado que foi – e continua a ser –  celeiro do Brasil e berço de notáveis. Em tempos endêmicos, sinto: o grito de basta contra escândalos, corrupção e deboche que tomaram conta deste país, assim como na Revolução de 1835, sairá das nossas bocas. Omissão não se quadra com a maneira rio-grandense de ser. Nossa capacidade de mobilização vem do berço. Avante, conterrâneos! Que as façanhas não fiquem restritas ao passado. Escrevamos a história do tempo presente seguros de que, juntos, podemos recolocar os valores de igualdade e liberdade em seus devidos lugares. A aurora precursora desponta no horizonte. Montemos o cavalo da coragem em nome de tudo que “ser gaúcho” significa para, juntos, mostrarmos a toda Terra que um futuro melhor é possível. Viva a República Rio-Grandense!

B’day eclético
Vanessa Mattos reuniu galeras de várias tribos para comemorar o b’day 3.6. O fuzuê rolou ontem, 19, na morada dos amigos Fernanda Gomes e Rodrigo Sarasol – no próximo ano, oficializam a união no Tomorrowland 2018, evento de música eletrônica belga. #Congrats!

Sergio Coirolo: retrospectiva 30 anos de pintura
Poucos artistas conseguem traduzir fidedignamente as luzes, cores e personagens do Pampa como Sergio Amado Coirolo. Com genuína singularidade, o arquiteto/pintor expressa a relação do homem com a terra num realismo hipnotizante. Para coroar tamanho virtuosismo, amanhã, a trajetória de Coirolo ganha retrospectiva em exposição na Casa de Cultura Pedro Wayne. Seleção de obras inspiradas no universo gaúcho estarão protagonistas no vernissage com início às 19h. Vale destacar: esculturas assinadas pelo artista compõem a arte urbana de diversas cidades, dispostas em parques, praças, fachadas e entradas de prédios. Trata-se de um dos mais importantes nomes das artes plásticas brasileiras. Bravíssimo!

Revolução da Culinária Farroupilha
A gastronomia gaúcha esteve em primeiro plano durante o encontro “Revolução da Culinária Farroupilha”, no Parador Casa da Montanha, em Cambará do Sul. O evento aconteceu no último finde visando promover a alimentação saudável e a valorização dos produtos do campo. Como convidados, os chefs Arika Messa, Marcelo Schambeck e Rodrigo Bellora, o líder do movimento “slow food” na Serra Gaúcha, Daniel Castelli, e o assador Marcelo Sartori. Além de almoços e jantares temáticos com ingredientes típicos do Rio Grande, o final de semana contou com bate-papos e workshops tendo os belíssimos Campos de Cima da Serra como pano de fundo. Paralelo agradece o gentil convite dos caps Casa da Montanha.

Um poema em cada árvore
Amanhã, 21 de setembro, comemora-se o Dia da Árvore. No dia 22, acontece o solstício mais esperado do ano, quando o inverno sede passagem à primavera. Para marcar ambas as datas, o grupo de teatro Bufões da Rainha realiza o projeto “Um poema em cada árvore”. “No espaço da Praça Silveira Martins, tendo como suporte as árvores que compõem o ambiente natural, será montado um roteiro literário com vinte e cinco poemas, criação de estudantes dos ensinos fundamental e médio do Colégio Espírito Santo”, explica o diretor do grupo, Sávio Machado. Vamos prestigiar!

Deixe seu comentário

INSTAGRAM

NEWSLETTER